INSCREVA-SE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 12 de abril de 2011

Haver e Fazer: Quando são invariáveis?



             O emprego incorreto dos verbos haver e fazer são muito comuns em nosso idioma. Lembre-se de que, em algumas construções, eles não seguem regras, são do contra, rebeldes e sempre vai ser assim - a não ser que apareçam outras reformas na Língua, pra mudar tudo!

 Vamos direto às regras:

O verbo haver, no sentido de existir apresenta a mesma forma no singular e no plural. Nesse caso, é um verbo impessoal, pois não possui sujeito, por isso não varia. Ex:

Certo:

Havia (existiam) muitos alunos na escola.

Errado:

Haviam muitos alunos na escola.

Certo:

Houve (existiram) muitos acidentes durante o carnaval.

Errado:

Houveram muitos acidentes durante o carnaval.

Mas e numa locução com um verbo auxiliar?

Nesse caso, ambos ficam invariáveis:

Certo:

Deve haver muitos desabrigados ali

Errado:

Devem haver muitos desabrigados ali.

Porém, lembre-se:

Quando o haver significar ter, e não existir, ele admite singular e plural. Ex

Ainda não haviam (tinham) sido feitos todos os trabalhos.

Se houvessem (tivessem) comprado a casa, teriam se arrependido.


Mas o que o fazer tem a ver com isso?

Quando designa tempo ou fenômenos da natureza, o verbo fazer também é invariável. Não tem sujeito, e é igual no singular e no plural.

Certo:

Faz cinco dias que voltamos de viagem.

Faz dias muito bonitos na primavera.

Errado:

Fazem cinco dias que voltamos de viagem.

Fazem dias muito bonitos na primavera.


Nas locuções com verbo auxiliar, a regra é a mesma do haver: ambos não mudam.

Certo:

Deve fazer muitas semanas de frio neste ano.

Errado:

Devem fazer muitas semanas de frio neste ano.

Caso ainda haja dúvidas no ar, é só perguntar!

Sem crises...

10 comentários:

  1. Muito boa essa postagem, parabéns.Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, Arnoldo!!

    Muito obrigada! Seja sempre bem-vindo!

    Abraço,


    Mônica

    ResponderExcluir
  3. Mônica,

    Taí uma coisa que sempre tenho dificuldades. Vou lá revisar o que eu escrevi no meu blog (rs). Tenho certeza de que escapou algo.

    Ah, e obrigado pelo link do blog novo, viu? De verdade!

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Oi, André!

    Com a prática, esses detalhes da escrita acabam ficando automáticos!...rs

    Por nada! Eu que agradeço!

    Beijo,


    Mônica

    ResponderExcluir
  5. Muito Obrigado pelo post, são pequenas dicas como essas que fazem a diferença.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eu que agradeço pela visita e pelo comentário!

    Abraços,

    Mônica

    ResponderExcluir
  7. oi monica adorei o site com certeza me ajudou bastante.
    bjs hanna

    ResponderExcluir
  8. oi monica adorei o blog me ajudou bastante
    bjs hanna

    ResponderExcluir
  9. Olá, Hanna!

    Eu que agradeço!

    Abraço

    Mônica Lima Falsarella

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela explicação professora !

    ResponderExcluir

Faça uma blogueira feliz: Comente!