REVISÃO DE TEXTOS

Deixe um comentário com o seu e-mail em uma das postagens do blog para mais informações sobre revisão de textos!

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Bem ou mal? Mau ou bom? - Variação Linguística





Olá!

Elaborei essa matéria para frisar que a dúvida é a mãe da sabedoria. Portanto, tenha dúvidas, para melhor aplicação de certas palavras numa sentença.


Antes de abordar suas as classes gramaticais, prefiro ir direto ao "truque" da aplicação dessas palavras: Faça uma substituição da palavra escolhida por seu antônimo. Escolha a que se encaixar melhor.


Seus antônimos:
"Mau" é o oposto de "bom".
"Mal" é o oposto de "bem".


Classificação gramatical:
"Mau" é adjetivo que qualifica um substantivo.
"Mal" é advérbio que combina com verbos, adjetivos e outros advérbios.

Existem, obviamente, outras classificações, porém, para esta postagem, destacaremos apenas essas.

Trocando por antônimos:

Não se encaixa:
Eu ainda o considero um mal professor.
Eu ainda o considero um bem professor.

Se encaixa:Eu ainda o considero um mau professor.
Eu ainda o considero um bom professor.

Não se encaixa:
Não pude comparecer, pois estava me sentindo mau.
Pude comparecer, pois estava me sentindo bom.

Se encaixa:
Não pude comparecer, pois estava me sentido mal.
Pude comparecer, pois estava me sentindo bem.


Não se encaixa:
Ele diz estar mau no emprego.
Ele diz estar bom no emprego.


Se encaixa:
Ele diz estar mal no emprego.
Ele diz estar bem no emprego.

Vale lembrar aqui que, quando se trata de "humor", existe o "bom humor" e o "mau humor". Apenas a palavra "bem", "bom", "mal" ou "mau" se ligam a hífen se a segunda palavra se iniciar com "h", como
"bem-humorado", ou "Ele está mal-humorado hoje!"


Como no caso do "bem" e do "mal", algumas palavras são mal aplicadas devido à variação linguística e pronúncia, afinal, muitas palavras são pronunciadas do mesmo jeito.

Obviamente, esta postagem refere-se apenas à Língua Portuguesa falada no Brasil. Outras possíveis variações linguísticas devem ser pesquisadas.



E você, leitor está bem ou mal? Sim, todos nós temos um ladinho "mau" e outro "bom", mas devemos procurar estar sempre "bem" e não permitir que algo nos deixe "mal".




Sem crises...

7 comentários:

Olá!

Muito obrigada!! Ganhou mais uma seguidora!

Boa semana!

=)

Môny

Muitas vezes decoramos regrinhas e esquecemos de pensar na classificação gramatical. É muito bom ler, memorizar, mas sempre compreendendo.

Parabéns

Oi, André!

Às vezes é só uma questão de releitura para que haja compreensão mesmo.

Obrigada pela visita!

Môny

Muito boa explicacao !

Mas me criou uma nova duvida:

Se encaixa:
Não pude comparecer, pois estava me sentido mal.
Pude comparecer, pois estava me sentido bem.

Nesse caso o correto eh sentido ou sentindo?

Nao me leve a mal pois pode ser um erro de digitacao. (empreguei corretamente o mal aqui?) KKKKKKK
Muito obrigado e prarabens.

Olá!

Pelo que eu entendi, a dúvida é a aplicação do verbo sentir,
correto?

A primeira aplicação está correta, pois o verbo está conjugado ao lado de um auxiliar, no caso "estava", o que se chama "locução verbal". Talvez poderia substituir por "sentia-me" bem, porém, na fala, usualmente aderimos às locuções. Bom, resumindo, na segunda frase - "pude comparecer, pois estava sentido bem", a aplicação está incorreta, pois "sentido" está conjugado no tempo verbal do particípio, que somente poderia ser usado nesse caso, por exemplo: "Eu não havia me sentido bem".

Espero não ter confundido mais ainda, mas a norma culta realmente é cheia de nomenclaturas! A dica mais fácil, nesse caso, é verificar que a primeira opção soa com muito mais "brilho", já a segunda, perde um pouco o sentido.

Que bom que tenha gostado do post! Aliás, você aplicou bem a palavra "mal"!

Volte sempre!

Mônica Lima

Olá, novamente!

Desculpe-me!

Agora que percebi se tratar de um erro, que realmente foi de digitação!..rs

Já foi corrigido, mas de qualquer maneira, segue a explicação para nossos leitores!

Obrigada por contribuir!

Abraços!

Mônica Lima

Postar um comentário

Faça uma blogueira feliz: Comente!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More